Sexta-feira, 12.10.07

Porque hoje é Sexta...

Avisa-se, desde já, que os contadores da rubrica foram "a zeros".
Assim, posso colocar este sonho de versão de My Bond With You and Your Planet: Disco! dos Zita Swoon, com um meddley a meio que conta com a revisitação a muitos dos clássicos da música disco. Para vossa surpresa, não os revelo. Garanto apenas que, para além de abanos de cabeça, pés e caudas, muitos sorrisos se vos vão desenhar na cara...

My Bond With You And Your Planet: Disco! - Zita Swoon
ao vivo no Paradiso, em Amsterdam (creio que em 1999), retirado de uma rádio qualquer holandesa.

Já agora...

My Bond With You And Your Planet: Disco! (video edit), Zita Swoon
"I Paint Pictures On A Wedding Dress" (1998)
publicado por Olavo Lüpia às 01:44 | link do post | comentar
Quinta-feira, 23.08.07

Directamente do baú


Líquidos Sinais, Xana
"Manual de Sobrevivência" (1998)
publicado por Olavo Lüpia às 11:59 | link do post | comentar
Quarta-feira, 27.06.07

Assustadoramente belo

De um belíssimo disco, fortemente marcado pela experiência de um aborto espontâneo por que a autora passou, recorto a excelente primeira faixa, Spark (que, confesso, ouvi vezes sem conta só para tentar perceber os compassos musicais usados nas estrofes. Sim, ouvir música pode-se tornar acto obsessivo. Para algumas pessoas, raramente o não é).


Spark, Tori Amos
"From The Choirgirl Hotel" (1998)
publicado por Olavo Lüpia às 02:31 | link do post | comentar | feedbacks (2)
Domingo, 06.05.07

I still haven't found what I'm looking for (II)

Os clientes brasileiros aqui do tasco são os mais peculiares de todos:


Exit Music (For A Film) - Brad Mehldau
"The Art Of The Trio, Vol. 3: Songs" (1998)
publicado por Olavo Lüpia às 02:04 | link do post | comentar
Sexta-feira, 04.05.07

Porque hoje é Sexta...

Emotion & Style - Belle Chase Hotel
"Fossanova" (1998)
publicado por Olavo Lüpia às 02:34 | link do post | comentar
Terça-feira, 17.04.07

Assustadoramente belo

Do belíssimo disco (quase todo) de versões "People are Strange" (1998), três coisitas assombrosas, como é hábito em Stina Nordenstam.

Sailing
Purple Rain
People Are Strange
publicado por Olavo Lüpia às 02:35 | link do post | comentar | feedbacks (2)
Sexta-feira, 09.02.07

Porque hoje é Sexta...

National Express - The Divine Comedy
"Fin de Siècle" (1998)
publicado por Olavo Lüpia às 02:06 | link do post | comentar | feedbacks (2)
Sábado, 09.12.06

Experimentando a versão Beta...


"The Three E.P.'s" (1998)
publicado por Olavo Lüpia às 22:00 | link do post | comentar
Sexta-feira, 24.11.06

Porque hoje é Sexta...


Get Myself Arrested, Gomez
"Bring It On" (1998)

Qualquer semelhança entre o título desta música e a semana futebolístico-judicial que passou, não é, de todo, descabida.
publicado por Olavo Lüpia às 01:55 | link do post | comentar
Sexta-feira, 17.11.06

Especial Jeff Buckley - Moral da História

Satisfied Mind - "Sketches For My Sweetheart The Drunk" (CD2), 1998.

"How many times have you heard someone say
If I had money, I would do things my way,
But little they know that it's so hard to find
One rich man in ten with a satisfied mind.

Money can't buy back your youth when you're old
A friend, when you're lonely, or peace to your soul.
The wealthiest person is a pauper at times
Compared to the man with a satisfied mind.

When my life is over and my time has run out.
My friends and my loved ones, I will leave there's no doubt.
But, one things gone for certain, when it comes my time
Ill leave this old world with a satisfied mind.
Satisfied mind.
"
publicado por Olavo Lüpia às 23:13 | link do post | comentar | feedbacks (1)

Especial Jeff Buckley - Sketches For My Sweetheart The Drunk

Em finais de 1996, Jeff tinha acabado uma digressão de 2 anos que passou pelos Estados Unidos, Europa, Japão e Austrália. Estava exausto quando chega a NY.
E chega a altura de começar a preparar o novo disco... NY era uma cidade especial. Parker Kindred (baterista que substituiu Matt Johnson no fim da digressão de Grace) diz sobre a cidade: «in a good day this city is an incredible place to be, in a bad day this city can eat your soul».
O que havia sido, em 1991, a sua libertação, agora parecia sufocá-lo e Jeff sentia a necessidade imperiosa de sair daquele lugar. Seguindo o conselho do amigo Dave Shouse, dos Grifters, Buckley decide deslocar-se para a cidade de Memphis, longe da pressão e tentação nova-iorquinas, o que faz, em Fevereiro de 1997 - cidade de onde acaba por nunca sair.
Aí chegado, Jeff chama a banda (Michael Tighe, guitarra; Mick Grondhall, baixo; e o já referido Parker Kindred na bateria) e começam a tentar gravar material - o material que pode ser ouvido no primeiro Cd do "Sketches..." -, mas as coisas não estavam a sair perfeitas, a tensão em estúdio acumulou-se e o tempo escasseava....
Buckley decide mandar a banda outra vez para NY, para que ele pudesses compor mais músicas e maturar as já existentes. Para tal, usa um gravador de 4 pistas - ver o material presente no 2.º Cd do "Sketches...".
Em finais de Maio desse ano, Buckley chama a banda de volta para procederem às gravações do que viria a ser o seu segundo: "My Sweetheart The Drunk". JB estava, agora, excitadíssimo com o novo material que gravara e ansioso por começar a desbravá-lo com a banda.
O disco aparentava tornar-se um gigante - e não estou a falar do seu tamanho. Jeff era inteligente e não queria fazer um outro Grace. A solução encaminhava-se, parece-me, para um disco mais rock e The Sky is a Landfill, Vancouver, Your Flesh Is So Nice, entre outras, davam o mote geral...
Infelizmente, a banda nunca chegaria a rever Jeff.
Fica o "Sketches...", um disco que, para "esboço", é impressionante. Músicas que não estavam completas ou "perfeitas" para o crivo de Buckley ouvem-se com o maior dos agrados.
Aqui está o vídeo (póstumo) de Everybody Here Wants You.
Fiquem também com uma das minhas preferidas:
Morning Theft

publicado por Olavo Lüpia às 18:06 | link do post | comentar | feedbacks (2)

Especial Jeff Buckley - Assustadoramente belo...

Esta música merece um destaque especial.
Tudo é fabuloso: o riff inicial de guitarra é ouro; o ritmo de bateria e toda a secção rítmica ao longo da música são sublimes; a voz de Buckley... é inexplicável...
Ouçam.
Vancouver - "Sketches for My Sweetheart The Drunk" (1998)
publicado por Olavo Lüpia às 14:47 | link do post | comentar | feedbacks (2)

Especial Jeff Buckley - Buckley por Stef Kamil Carlens

Song For A Dead Singer - Zita Swoon
"I Paint Picture In A Wedding Dress" (1998)

Sentida e lindíssima homenagem - letra aqui.
publicado por Olavo Lüpia às 05:44 | link do post | comentar
Sexta-feira, 10.11.06

Vídeos do Outro Mundo/Porque hoje é Sexta...


Deeper Underground, Jamiroquai
"Godzilla, OST" (1998)

Realizador: Mike Lipscombe
publicado por Olavo Lüpia às 01:41 | link do post | comentar | feedbacks (1)

pesquisar neste blog

 

subscrever feeds

Rock Stock

Bichos Protegidos da Serra da Malcata

posts recentes

tags