Navel a 16 de Janeiro de 2007 às 10:06
Uma das minhas (p)referências, presença habitual em qualquer que seja o meu meio de transporte musical. Lembro-de de passar as mais de três horas de filme enroscada numa daquelas cadeiras cor-de-laranja (se ainda posso confiar na memória) dos Cinemas Avenida, na altura em que a RUC aptrocinava bilhetes a toda a tertúlia. De tal forma marcante que "empurro" o filme para toda a gente. E nem sempre com resultados positivos. Aquela chuva de sapos...

Comentar:

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres