o irmão do meio a 10 de Novembro de 2006 às 23:18
Pelo que percebi,
O gajo conduzia a grande velócidade em Agosto.
E perdeu o contróle, e também o controlo, pelos vistos,
com a pressa de “chegári” e seu paizinho “beijári”
Conclusão, eu não sou dado a normas jurídicas,
mas acho que a culpa é toda do Pai dele.
O Pai do emigrante, deve ser processado por 3 homicídios,
e o carro da “maledade”, deve de imediato ser apreendido.

Julgo eu também ser culpa do Pai do Graciano Saga, não ter usado control,
e ter feito vir ao mundo um cantor deste Calibre Fulminante
Manifesto desde já o meu total repúdio em relação ao Pai do Graciano saga.

Mas este pais é a Republica das bananas, e por falta do Ónus de prova, (ou lá o que é) já se sabe, a culpa vai morrer solteira, porque um desses advogados manhosos, quiçá com ajuda de um jurista, vai alegar que tudo isto é um fenómeno da Natureza.

E as alegações, já se sabe, serão as seguintes
“São milhões de “ corredores” aos pinchos, aos saltos, aos pulos, (em jubilo) a correr para o óvulo, e Deus quis que nascesse o Graciano”

Agora eu como homem rude do campo, austero e mau como as cobras, pergunto
: - Nasce um cantor destes, canta coisas destas, e ninguém é processado, ninguém é preso?
Mas que é isto?
Não há justiça!!!

Cada vez mais estou revoltado com este país

Por este caminho, qualquer dia torno-me emigrante.

Comentar:

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres