Quinta-feira, 21.03.13

10/10 (dez-em-dez) - "Rain Dogs", Tom Waits, 1985

 

 

01. Singapore

02. Clap Hands

03. Cemetery Polka

04. Jockey Full of Bourbon

05. Tango 'Til They're Sore

06. Big Black Mariah

07. Diamonds and Gold

08. Hang Down Your Head

09. Time

10. Rain Dogs

11. Midtown

12. 9th & Hennepin

13. Gun Street Girl

14. Union Square

15. Blind Love

16. Walking Spanish

17. Downtown Train

18. Bride of Rain Dog

19. Anywhere I Lay My Head

publicado por Olavo Lüpia às 13:04 | link do post | comentar
Quarta-feira, 24.08.11

Novidades - Tom Waits

 

Chama-se, então, "Bad As Me" e marca o regresso de Tom Waits aos discos de originais, sete anos após "Real Gone".

 

Do disco vindouro, foi já dado a conhecer o primeiro single, de título homónimo. 

Uma belíssima canção. A voz está no sítio certo, numa espécie de evocação ao malogrado Captain Beefheart (influência assumida de Waits): ora em lamúria, ora raiva desesperada, ora sensualidade cava e ironia no riso. Tudo ao serviço da canção, numa estrutura blues/rock(abilly), de batida ácida, com reminiscências de Screamin' Jay Hawkins.

 

Com um avanço assim, será difícil aguentar os dois meses que faltam para o lançamento do disco, em 25 de Outubro, sem que a saliva, profusa, se solte dos lábios.

 

Bad As Me, Tom Waits

"Bad As Me" (2011)

publicado por Olavo Lüpia às 02:41 | link do post | comentar | feedbacks (4)
Terça-feira, 13.07.10

This Week In God

In The Neighbourhood, Peter Gabriel

(2010)

publicado por Olavo Lüpia às 23:44 | link do post | comentar | feedbacks (1)
Quarta-feira, 16.06.10

Concertos/This Week In God

Tom Waits no Teatro Le Palace, Paris, 1979.

 

[Alinhamento:

 

Heartattack and Vine

'Til the Money Runs Out

Annie's Back in Town

I Wish I Was in New Orleans

Wrong Side of the Road

Jersey Girl

Step Right Up]

publicado por Olavo Lüpia às 12:13 | link do post | comentar
Sexta-feira, 14.05.10

Porque hoje é Sexta...

Dream Baby

Mean Woman Blues

Ooby Dooby

Oh, Pretty Woman

Roy Orbison & Friends(*), excertos do filme concerto "Roy Orbison and Friends: A Black & White Night" (1988)

 

__________________________

* "Friends": Bruce Springsteen, Elvis Costello, Tom Waits, Bonnie Raitt, Jennifer Warnes e k.d. Lang, J.D. Souther, Steve SolesJackson Browne, a TCB Band de Elvis (Ronnie Tutt, Jerry Scheff, Glenn D. Hardin e James Burton), Alex Acuña e Mike Utley. Direcção musical de T-Bone Burnett.

publicado por Olavo Lüpia às 06:00 | link do post | comentar
Quinta-feira, 11.03.10

With A Little Help From My Friends

Em baixo está uma das muitas colaborações de Mark Linkous. Em Dog Door, Linkous conta com Adrian Utley (Portishead) na guitarra e baixo e Tom Waits, que oferece a letra (conjunta com a sua parceira habitual, de música e de vida, Kathleen Brennan), a voz e percussão. O vídeo foi realizado pelos Quay Brothers do 'Sonic Cinema' do Sundance.

 

Dog Door, Sparklehorse (com Tom Waits e Adrian Utley)

"It's a Wonderful Life" (2001)

publicado por Olavo Lüpia às 12:24 | link do post | comentar
Quarta-feira, 06.01.10

O que se leva de 2009 #6


Pois é. Tinha que ser.
(É que) Tinha MESMO que ser.

Circus - Tom Waits
"Glitter and Doom Live" (2009)
publicado por Olavo Lüpia às 22:59 | link do post | comentar | feedbacks (2)
Sexta-feira, 11.12.09

Porque hoje é Sexta/Novidades/This Week In God


Such A Scream
Goin' Out West
Tom Waits, "Glitter and Doom Live" (2009)
publicado por Olavo Lüpia às 02:32 | link do post | comentar | feedbacks (1)
Terça-feira, 08.12.09

Novidades/This Week In God


Pouco mais de 20 anos depois de "Big Time", Tom Waits volta aos registos ao vivo. Na altura, "Big Time" surge numa altura ideal, sendo, no fundo, a celebração da perfeita triologia "Swordfishtrombones"/"Rain Dogs"/"Frank's Wild Years" (qual deles o melhor?). O marinheiro Frank deu a volta ao mundo e viu-a documentada em disco e em filme.
Em 2008, Tom Waits sai em digressão de uma forma inesperada. O último disco de originais, "Real Gone", é de 2004 e o lançamento do triplo "Orphans: Brawler, Bawlers & Bastards" data de Novembro de 2006. Seria uma digressão de celebração, onde, sem disco específico a promover, se poderia ouvir um pouco de tudo, de uma carreira que teve o seu primeiro disco ("Closing Time") lançado 35 anos antes.

Esta é uma digressão especial aqui para o tasco. Vi os últimos 3 concertos da digressão, em Dublin, numa tenda de circo gigante montada no centro do Phoenix Park. 3 noites memoráveis (qual delas a melhor). Daí que este seja também um disco especial.
Com a disponibilização do concerto no Fox Theatre de Atlanta logo no mês de Julho de 2008 (ligação), percebeu-se esta possibilidade como real. O som era bom, e Tom Waits e a banda estavam numa belíssima forma. As canções apareciam com outros arranjos, mas sempre com o selo de qualidade do homem que traz na sua obra a melhor súmula dos últimos 100 anos de música.

Agora temos aí o registo, com canções gravadas um pouco por todo o lado, entre os Estados Unidos e a Europa. Grandes músicas, algumas um pouco diferentes do que se esperava, um grande performer com momentos de stand-down-at-the-piano comedy. Uma força magnética que prendeu milhares de pessoas durante espectáculos que rondaram, por norma, duas horas e meia, desde o primeiro «Ah-boom!» ao último «obrigado».
E nós, que lá fomos, é que nos sentíamos os únicos obrigados a agradecer.

O segundo disco contém uma faixa de 35 minutos com uma compilação das histórias, inventadas ou reais, que Tom Waits ofereceu às suas plateias. A compra do último ar expirado por Henry Ford - «think about it: how many more are there?» -, a viagem de avião ao centro de malas perdidas, onde tudo pode ser encontrado, incluindo a mala que usara nessa mesma viagem, que se tinha extraviado, entre muitas, muitas outras.

Um disco como estes não é recomendável, é mesmo obrigatório.

Dirt In The Ground
Circus
Tom Waits, "Glitter and Doom Tour Live" (2009)

[Ver ainda:
- Crítica aos concertos de Dublin;
- Setlists dos concertos de Dublin;
- Ambiente no Phoenix Park, antes dos concertos.]
publicado por Olavo Lüpia às 17:10 | link do post | comentar
Segunda-feira, 07.12.09

Blue Mondays.../«Hail, Hail, The Eyeball Kid!»/This Week In God


[07.12.1949-...]

Poncho's Lament
Midnight Lullaby
Tom Waits, "The Early Years" (1991)

Nobody
Please Call Me, Baby
Tom Waits, "The Early Years, Vol. 2" (1993)

[Gravações de 1971]
publicado por Olavo Lüpia às 19:33 | link do post | comentar
Terça-feira, 13.10.09

Novidades - Tom Waits/This Week In God



A data a marcar na agenda é 24 de Novembro. Mas como houvesse um magote de gente a conjugar profusamente o presente do indicativo do verbo 'salivar', algumas coisinhas boas já estão disponibilizadas.
Assim, podem fazer o download gratuito das primeiras oito músicas do duplo "Glitter & Doom Live" (ligação) e a pré-encomenda online, a preços convidativos (ligação).

Fica-se a saber também que o primeiro disco é constituído por 17 músicas, enquanto que o segundo contém apenas a faixa Tom Tales, uma compilação de 35 minutos dos monólogos e pequenas histórias humorísticos com que Waits costuma brindar as suas assistências.

Lucinda/Ain't Goin' Down The Well - Tom Waits
Fox Theatre, Atlanta, GA, 05.05.2008 [ligação para concerto integral]
publicado por Olavo Lüpia às 00:01 | link do post | comentar
Sexta-feira, 11.09.09

Porque hoje é Sexta.../Novidades - Sondre Lerche

«Tonight i'm gonna take that ride
Across the river to the jersey side
Take my baby to the carnival
And i'll take her on all the rides

`cause down the shore everything's all right
You and your baby on a saturday night (...)»[*]
Jersey Girl, Tom Waits, "Heartattack and Vine" (1980)

Continuamos em New Jersey e no Asbury Park, onde se passa a acção do novo vídeo do norueguês (agora residente em New York) Sondre Lerche. A canção faz parte do disco de igual nome, "Heartbeat Radio".




Heartbeat Radio, Sondre Lerche
"Heartbeat Radio" (2009)

______________________
[* Esta semana, ainda que de forma perfeitamente lateral, acabou por ser dominada pela sombra dos meus dois bardos preferidos que se tornam sexagenários este ano: Bruce Springsteen e Tom Waits (Jersey Girl também foi cantada pelo Boss). O tasco irá devotar-lhes uma atenção (ainda mais) especial, tendo por referência as suas datas de aniversário, a começar pela do Springsteen, nado a 23.09.1949.]
publicado por Olavo Lüpia às 07:09 | link do post | comentar
Quinta-feira, 27.08.09

This Week In God - "Songs After Closing Time"

[«(...) I don't have a drinking problem, except when I can't get a drink (...)»
Bad Liver and a Broken Heart, Tom Waits]

"Songs After Closing Time" é a tradução para inglês de "Sange efter lukkedid", o nome do programa que Tom Waits gravou para um canal de televisão dinamarquês, em 1976. Andou meio perdido até ser resgatado sob a forma de pirataria, ganhando o nome "Elephant Beer Blues" - a cerveja que Tom Waits vai bebendo enquanto faz a sua introdução, ao melhor estilo jocoso ébrio-derivativo de "Nighthawks At The Dinner".
Nesta pérola de 40 minutos podem encontrar, entre outras, New Coat Of Paint, Warm Beer Cold Women, Emotional Weather Report, Bad Liver and a Broken Heart. De resto, podem ainda ver o homem e a sua sombra, em simultâneo com a sua caricatura, a boina, o cigarro, a bebida, o amor, o humor e a homóloga dinamarquesa da 'Gina', convenientemente instalada no bolso direito do casaco - para não apanhar resfriados.



publicado por Olavo Lüpia às 02:17 | link do post | comentar
Terça-feira, 04.08.09

This Week In God - "Tom Waits For No One"

A curta-metragem animada "Tom Waits For No One", uma espécie de vídeo musical 'avant la lettre' - a MTV viria depois -, faz 30 anos em 2009.
Construído em rotoscoping, o filme mostra Tom Waits a contracenar com uma 'stripper' (Donna Gordon) nas 'wee small hours' mal iluminadas de um beco de L.A. Foi realizado por John Lamb e um dos técnicos que ajudaram no trabalho de animação responde quando lhe chamam David Silverman - viria a ser produtor e realizador dessa instituição televisiva com o nome "The Simpsons", assim como o filme com o mesmo nome -, aqui em início de carreira.
As imagens que serviram de matéria-prima para a obra foram filmadas no palco do 'La Brea', em Hollywood - podem apanhar um cheirinho delas neste vídeo do You Tube.
A música que serve de base é The One That Got Away, uma peça 'spoken word', com acompanhamento do baixo e saxofone, que havia sido editada no disco "Small Changes" (1976), cujo espírito parece imbuir o vídeo.



"Tom Waits For No One" (1979)
Realização: John Lamb

publicado por Olavo Lüpia às 03:19 | link do post | comentar
Quinta-feira, 16.07.09

This Week In God


Heartattack and Vine, Tom Waits
(1980)
publicado por Olavo Lüpia às 12:41 | link do post | comentar
Sexta-feira, 19.06.09

Porque hoje é Sexta.../This Week In God


Foi com as duas músicas em baixo que Tom Waits iniciou o concerto de 05.07.2008 em Atlanta, Georgia. Foi também assim que começou a 2.ª noite de Dublin (31.07), a penúltima da digressão "Glitter & Doom".

Lucinda/Ain't Going Down The Well
Down In The Hole
publicado por Olavo Lüpia às 12:00 | link do post | comentar | feedbacks (1)
Terça-feira, 09.06.09

This Week In God/ A coisa mais bonita que vão ouvir nos próximos 5 minutos


[Livro de curso do Liceu de Idyll, San Diego, 1966]

Tom Waits discorre sobre a Kentucky Avenue, onde cresceu, falando sobre as pessoas que lhe marcaram a infância: da Mrs. Storm, mulher que se sentava na cozinha de casa com a janela aberta e a 'cabeça' de uma caçadeira à espreita, até ao seu melhor amigo de infância (a quem é dirigido o discurso directo da canção), Kipper, que tinha 10 anos, poliomielite e andava numa cadeira de rodas.
A canção, cuja narrativa se passa quando Tom Waits tinha uns 10 anos (há 50 anos atrás, portanto), oferece-nos toda uma construção orquestrada até ao grande final, dramático e comovente.

Kentucky Avenue - Tom Waits
"Blue Valentines" (1978)

«Well, Eddie Grace's Buick got four bullet holes in the side
And Charlie DeLisle is sittin' at the top of an avocado tree
Mrs. Storm will stab you with a steak knife if you step on her lawn
I got a half a pack of Lucky Strikes, man, so come along with me
And let's fill our pockets with macadamia nuts
And go over to Bobby Goodmanson's and jump off the roof

Well, Hilda plays strip poker when her mama's cross the street
Joey Navinski says she put her tongue in his mouth
And Dicky Faulkner's got a switchblade and some gooseneck risers
That eucalyptus is a hunchback, there's a wind down from the south
So let me tie you up with kite string and I'll show you the scabs on my knee
Watch out for the broken glass, put your shoes and socks on
And come along with me

Let's follow that fire truck, I think your house is burnin' down
And go down to the hobo jungle and kill some rattlesnakes with a trowel
And we'll break all the windows in the old Anderson place
And we'll steal a bunch of boysenberries and I'll smear 'em on your face
I'll get a dollar from my mama's purse and buy that scull and crossbones ring
And you can wear it 'round your neck on an old piece of string

Then we'll spit on Ronnie Arnold and flip him the bird
And slash the tires on the school bus, now don't say a word
I'll take a rusty nail and scratch your initials in my arm
And I'll show you how to sneak up on the roof of the drugstore
I'll take the spokes from your wheelchair and a magpie's wings
And I'll tie 'em to your shoulders and your feet
I'll steal a hacksaw from my dad and cut the braces off your legs
And we'll bury them tonight out in the cornfield
Just put a church key in your pocket, we'll hop that freight train in the hall
We'll slide all the way down the drain to New Orleans in the fall»

[Para uma descodificação completa da letra, vão aqui]
publicado por Olavo Lüpia às 02:21 | link do post | comentar
Terça-feira, 12.05.09

This Week In God


It Rains On Me
Do You Know What I Idi Amin
Chuck E. Weiss (com Tom Waits), "Extremely Cool" (2002)
publicado por Olavo Lüpia às 02:25 | link do post | comentar | feedbacks (1)
Quarta-feira, 06.05.09

[Ainda sobre o post anterior...

Desde logo, dizer que o disco "Rain Dogs" podia muito bem, só por si, valer uma estátua (ou uma comenda!) ao guitarrista Marc Ribot.
A faixa-título - e, mais que essa até, Jockey Full of Bourbon - parece ter inspirado a escrita do tema do genérico da série britânica 'Black Books', que passou há uns anos na Sic Radical. A coisa mais engraçada é que acabo de descobrir que não sou o único a lembrar-me bem e sentir muitas saudades da série e do seu tema musical: vídeos com versões caseiras da música, tocados por amadores, tablaturas para tocar na guitarra e (maravilha das maravilhas!) episódios inteiros da série de culto...
Fiquem, então, com o vídeo do genérico, cujos créditos de composição estão atribuídos a um tal de Jonathan Whitehead.



'Black Books' - genérico

Jockey Full of Bourbon - Tom Waits
"Rain Dogs" (1985) ]
publicado por Olavo Lüpia às 17:42 | link do post | comentar | feedbacks (4)

This Week In God


Promo ao disco "Raindogs"*

Rain Dogs - Tom Waits
"Rain Dogs" (1985)


_______________________
* andam pelo You Tube outras promos que a deidade gravou pela mesma ocasião: Confetti, Clocks ou Barbers.
publicado por Olavo Lüpia às 03:01 | link do post | comentar | feedbacks (3)

pesquisar neste blog

 

subscrever feeds

Rock Stock

Bichos Protegidos da Serra da Malcata

posts recentes

tags

Creative Commons License
Andróide Paranóide by Andróide Paranóide is licensed under a Creative Commons License.