Quarta-feira, 16.06.10

Concertos/This Week In God

Tom Waits no Teatro Le Palace, Paris, 1979.

 

[Alinhamento:

 

Heartattack and Vine

'Til the Money Runs Out

Annie's Back in Town

I Wish I Was in New Orleans

Wrong Side of the Road

Jersey Girl

Step Right Up]

publicado por Olavo Lüpia às 12:13 | link do post | comentar
Segunda-feira, 05.10.09

O Fascínio pelo Assassino #9 - Brenda Ann Spencer/Blue Mondays...

No dia 29 de Janeiro de 1979, Brenda Ann Spencer, na altura com 16 anos, matou o Director e um segurança da sua escola, a Cleveland Elementary School, em San Diego, California, ferindo ainda alguns dos seus colegas alunos.

Os crimes foram cometidos a partir de casa, que se situava à frente da escola, com uma carabina que lhe tinha sido oferecida como prenda de Natal pelo seu pai. Brenda referiu ter sido 'muito divertido', como 'atirar aos patos num lago' e que os seus colegas pareciam 'manadas de vacas' que ali se encontravam paradas, portanto, 'alvos muito fáceis'.
Quando perguntada do porquê, Brenda respondeu 'I don't like Mondays. This livens up the day'.
 

 


I Don't Like Mondays, The Boomtown Rats
"The Fine Art of Surfacing" (1979)

Brenda Ann Spencer foi condenada numa pena de prisão de 25 anos a perpétua. Já foi a 4 audiências para aferir da possibilidade de ser colocada em liberdade condicional - a última deles no último 13 de Agosto - tendo sido sempre rejeitada essa possibilidade.
publicado por Olavo Lüpia às 15:45 | link do post | comentar
Terça-feira, 04.08.09

This Week In God - "Tom Waits For No One"

A curta-metragem animada "Tom Waits For No One", uma espécie de vídeo musical 'avant la lettre' - a MTV viria depois -, faz 30 anos em 2009.
Construído em rotoscoping, o filme mostra Tom Waits a contracenar com uma 'stripper' (Donna Gordon) nas 'wee small hours' mal iluminadas de um beco de L.A. Foi realizado por John Lamb e um dos técnicos que ajudaram no trabalho de animação responde quando lhe chamam David Silverman - viria a ser produtor e realizador dessa instituição televisiva com o nome "The Simpsons", assim como o filme com o mesmo nome -, aqui em início de carreira.
As imagens que serviram de matéria-prima para a obra foram filmadas no palco do 'La Brea', em Hollywood - podem apanhar um cheirinho delas neste vídeo do You Tube.
A música que serve de base é The One That Got Away, uma peça 'spoken word', com acompanhamento do baixo e saxofone, que havia sido editada no disco "Small Changes" (1976), cujo espírito parece imbuir o vídeo.



"Tom Waits For No One" (1979)
Realização: John Lamb

publicado por Olavo Lüpia às 03:19 | link do post | comentar
Sexta-feira, 26.06.09

Porque hoje é Sexta.../Decomposing Composers #13


Don't Stop 'Til You Get Enough, Michael Jackson
"Off The Wall" (1979)
publicado por Olavo Lüpia às 07:00 | link do post | comentar
Domingo, 20.07.08

(Looking For) The Heart of Saturday Night, parte IV


Dancin' Fool - Frank Zappa
"Sheik Yerbouti" (1979)
publicado por Olavo Lüpia às 03:46 | link do post | comentar
Domingo, 15.06.08

O fascínio pelo assassino #2 (Mackie Messer/Mack, The Knife)/Domingo no Mundo

Die Moritat von Mackie Messer - Lotte Lenya ("Jenny")
de "A Ópera dos Três Vinténs" (1928), de Kurt Weil e Bertolt Brecht.


Mack The Knife, Louis Armstrong
ao vivo em Stuttgart (1959)

[O instrumental de Weil e Brecht foi ainda usado por Chico Buarque na composição d'"A Ópera do Malandro", em O Malandro.

O Malandro (Die Moritat von Mackie Messer) - Chico Buarque
"A Ópera do Malandro" (1979)]
publicado por Olavo Lüpia às 16:54 | link do post | comentar
Terça-feira, 27.05.08

O fascínio pelo assassino #1 - Lee Shelton

«William Lyons, 25, colored, a levee hand, living at 1410 Morgan Street, was shot in the abdomen yesterday evening at 10 o'clock in the saloon of Bill Curtis, at Eleventh and Morgan Streets, by Lee Sheldon, also colored.»
"Saint Louis Globe Democrat"
December 28, 1895 [fonte]
 

 

Lee Shelton é um nome que talvez dirá pouco a muita gente. Vamos, então, à sua alcunha e variações: Stack Lee, Stackalee, Stackerlee, Stagolee, Stagger Lee, Stack O'Lee, etc...
Numa conversa que Lee Shelton - que acumulava as ocupações de taxista e chulo - mantinha com o amigo Billy Lyons, os ânimos escalaram quando se conversava sobre política, tendo a contenda acabado com Billy a suplicar pela vida à arma que "Stagger" Lee empunhava. Terá sido mesmo a última coisa que viu, enquanto Lee foi para a prisão, onde morreu, em 1912, vítima de tuberculose.
A história acaba por ser transmitida pelo folclore oral das margens do Mississippi, crescendo, ponto por conto, até que Mississippi John Hurt a grava, há 80 anos atras, com o nome Stack O'Lee Blues:


Stack O'Lee Blues - Mississippi John Hurt
(1928)

30 anos depois, foi contada mais uma versão da história, Stagger Lee, por Lloyd Price, em regime rock & roll.

Stagger Lee - Lloyd Price
(1958)

Depois disso, muitas versões da música e da história foram cantadas, por gente como Bob Dylan, Bill Haley & His Comets, Dr. John, Woody Guthrie, Ike & Tina Turner, entre muitos outros - podem ouvir algumas delas aqui.

Para o disco "London Calling", os The Clash decidiram contar a história de uma maneira completamente antónima à versão consensual: Stagger Lee passava para o lado dos "bons", enquanto Billy era o "bad guy", em Wrong'Em Boyo:

Wrong'Em Boyo - The Clash
"London Calling" (1979)

Para melhor se verificar como pode uma história se transformar noutra muito diferente, e para quem for fã do gore nos mais tradicionais tons de vermelho-sangue e negro, vale sempre a pena não esquecer a excelente Stagger Lee com que Nick Cave & The Bad Seeds nos brindam no disco que pode, ou não, servir de inspiração à série de posts que agora se inicia, "Murder Ballads".


Stagger Lee, Nick Cave & The Bad Seeds
"Murder Ballads" (1996)
publicado por Olavo Lüpia às 07:00 | link do post | comentar | feedbacks (2)
Sexta-feira, 30.11.07

Porque hoje é Sexta...


A Message To You Rudy, The Specials
"Specials" (1979)
publicado por Olavo Lüpia às 00:41 | link do post | comentar
Quinta-feira, 12.07.07

As Good as It Gets - The Gershwin/Waits Connection

De Gershwin a Tom Waits pode ser só um passo de distância.
O exemplo está nesta versão estranhíssima (ou seja, normal, como estamos a falar de Waits) da música Burma-Shave, do disco "Foreign Affairs" (1977), em registo spoken word, com o fundo musical do tema Summertime, da ópera "Porgy & Bess", composta em 1935 por George Gershwin, com letras de Ira Gershwin - irmão mais velho de George - e Dorothy Heyward.


Burma-Shave, Tom Waits
Performance no Old Grey Whistle Test, em 1979.

Para acabar, deixo o belíssimo original de Burma-shave e a versão de Summertime, retirada da gravação em disco de algumas canções retiradas de "Porgy & Bess", por Louis Armstrong e Ella Fitzgerald.

Summertime - Louis Armstrong & Ella Fitzgerald
"Porgy & Bess" (1957)

Burma-Shave - Tom Waits
"Foreign Affairs" (1977)
publicado por Olavo Lüpia às 04:22 | link do post | comentar | feedbacks (1)
Terça-feira, 12.06.07

Intermission (Um cliché e um "Olá!"

Espalhem a Notícia - Sérgio Godinho
"Canto da Boca", 1980

Teresinha - Chico Buarque
"Ópera do Malandro", 1979)


Post em cross-over com este d'O Incontinental.
publicado por Olavo Lüpia às 19:30 | link do post | comentar | feedbacks (1)
Terça-feira, 13.02.07

Mas o que eu quero mesmo ouvir é...

Geni e o Zepelim - Chico Buarque
"Ópera do Malandro" (1979)

Um Zeppelin sem chumbo, portanto.
publicado por Olavo Lüpia às 16:30 | link do post | comentar
Quinta-feira, 09.11.06

17 anos depois...

...a lembrança e a banda sonora.

Comfortably Numb, Pink Floyd
"The Wall", editado uma década antes, mais precisamente, em 30.11.1979
publicado por Olavo Lüpia às 15:11 | link do post | comentar | feedbacks (1)

pesquisar neste blog

 

subscrever feeds

Rock Stock

Bichos Protegidos da Serra da Malcata

posts recentes

tags

Creative Commons License
Andróide Paranóide by Andróide Paranóide is licensed under a Creative Commons License.