Posts que não vão mudar a vossa vida


Há tipos que não são muito normais, há gajos muito anormais, há o sujeito mais anormal do mundo e depois há esta dupla: Komar & Melamid.
Ora, estes tipos propuseram-se a uma estranha aventura: criar, cientificamente, a música mais irritante do mundo, assim como a mais desejada. Fixos no fito comum, os gajos com o aspecto distintíssimo que podem ver acima colocaram uma sondagem online, em 1996, na qual perguntavam aos ciber-transeuntes quais os elementos musicais que mais os atraíam /repeliam e, de acordo com as respostas, construir a composição que provocasse mais conforto/desconforto no ouvinte. Seguidamente, a dupla chamou o compositor Dave Soldier para transformar os dados em som.
Daí resultaram duas obras, The Most Wanted Song e The Most Unwanted Song - The People's Choice Music.
Ora, todo este método (supostamente) científico é discutível. Muito mesmo. Desde logo, pelo questionário, com perguntas pouco distanciadas do resultado que se pretendia atingir, entre outras objecções.
Passando isso à frente, concentremo-nos nos resultados finais - curiosos, no mínimo.
Quanto à música "mais desejada" diga-se que é um enfado pegado em 5 minutos. Sem pés na cabeça. Segundo as pessoas que responderam à sondagem, música "da boa" tem um feel suave entre a pop e a soul, uma voz feminina afinada mas indistinta, uma voz masculina rouca (neste caso, muito próxima de um Kenny Rogers), um sax supremo coladíssimo a Kenny G. (a sério!) e um solo virtuoso da guitarra (e, tire-se o chapéu, convocou-se um verdadeiro virtuoso para a função: Vernon Reid).
A música menos desejada é bem mais interessante. A começar pelo dissecar da coisa. Primeiro, a coisa tem mais de 20'! E, nesse tempo todo, não se optou pelas dissonâncias, que seria uma saída expectável. Há um coro de putos a cantar coisas desnexadas, seja sobre o Dia dos Veteranos, seja sobre o Dia do Trabalhador ou os feriados e ocasiões religiosos (o cristão Natal ou o Yom Kippur judeu), com uma mensagem publicitária final («faça as suas compras no Walmart!»), há rap-ópera por uma soprano (juro!), há bluegrass e muitas outras coisas. Ainda que não seja uma audição simpática - consegue ser bem agreste, acreditem! -, a verdade é que a sucessão estapafúrdia destes elementos sempre vai desenhando um sorriso na nossa cara, seja ele sincero ou de comiseração.

Ora, aqui ficam os resultados da "pesquisa" de Komar & Melamid...

The Most Wanted Song
The Most Unwanted Song
Komar & Melamid e Dave Soldier, 1997
publicado por Olavo Lüpia às 07:00 | link do post | comentar