Da inspiração - Reciclagem

E se se fizesse uma música aproveitando as impulsivas e compulsivas cartas de publicidade que nos entram pelas caixas de correio? E se essas toneladas de lixo fossem mesmo utilizadas para se fazer qualquer coisa de produtivo?
E se servisse para fins musicais o que dizem, inflamadas e excitadas, aquelas pessoas que vão para um palanque de uma feira, com um microfone, preso por uma geringonça metálica ao pescoço, coberto por um lenço e ligado a uma colunas roufenhas, vendendo a chamada "pomada-jibóia" ou "banha-da-cobra"?
E se se aproveitasse artisticamente o que aquelas meninas e meninos, senhoras e senhores, damas e cavalheiros que aparecem nas tele-vendas, de roupas impecáveis e dentes perfeitos que ofuscam as nossas pupilas com a sua brancura?

«"Impossible!", you say?... Hard To Believe? Perhaps out of the realm of possibility?»*.
Pois saiba-se que já foi feito e com os costumeiros resultados brilhantes... Note-se apenas que a letra da música, hilariante, não aparece impressa junto com o disco "Small Change" (1976), antes aparecendo a seguinte mensagem:

«For the lyrics to 'Step Right Up' send by prepaid mail a photo of yourself, two dead cripping charlies, and a self addressed stamped envelope to:
the Tropicana Motor Hotel, Hollywood, California
c/o Young Tom Waits

please allow 30 days for delivery
»

Step Right Up - Tom Waits
"Small Change" (1976)

Podem ainda ver uma versão ao vivo da mesma música, de uma gravação vídeo para o programa alemão "Rockpalast" da WDR, em 1977.


Step Right Up, Tom Waits
(18.04.1977, estúdios da WDR, Colónia)

__________________________
* Nighthawk Postcards (From Easy Street), Tom Waits, "Nighthawks At The Diner" (1975).
publicado por Olavo Lüpia às 07:00 | link do post | comentar