Parandróide #35

 

Bob Dylan, 1975.

 

[Adeus

 

 

Já gastámos as palavras pela rua, meu amor, 
e o que nos ficou não chega 
para afastar o frio de quatro paredes. 
Gastámos tudo menos o silêncio. 
Gastámos os olhos com o sal das lágrimas, 
gastámos as mão à força de as apertarmos, 
gastámos o relógio e as pedras das esquinas 
em esperas inúteis.


Meto as mãos nas algibeiras 
e não encontro nada. 
Antigamente tínhamos tanto para dar um ao outro! 
Era como se todas as coisas fossem minhas: 
quanto mais te dava mais tinha para te dar.


Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes! 
e eu acreditava. 
Acreditava, 
porque ao teu lado 
todas as coisas eram possíveis. 
Mas isso era no tempo dos segredos, 
no tempo em que o teu corpo era um aquário, 
no tempo em que os meus olhos 
eram peixes verdes. 
Hoje são apenas os meus olhos. 
É pouco, mas é verdade, 
uns olhos como todos os outros.


Já gastámos as palavras. 
Quando agora digo: meu amor..., 
já se não passa absolutamente nada. 
E no entanto, antes das palavras gastas, 
tenho a certeza 
de que todas as coisas estremeciam 
só de murmurar o teu nome 
no silêncio do meu coração. 
Não temos já nada para dar. 
Dentro de ti 
não há nada que me peça água. 
O passado é inútil como um trapo. 
E já te disse: as palavras estão gastas.


Adeus.

 

Eugénio de Andrade]

 

 

Last Goodbye, Jeff Buckley, "Grace" (1994);
I Know It's Over, The Smiths, "The Queen Is Dead" (1986);
No Distance Left To Run, Blur, "13" (1999);
Nothing Really Ends, dEUS, "Pocket Revolution" (2005);
Ruin My Day, Jon Brion, "Meaningless" (2001);
Paint The Moon, The Czars, "Goodbye" (2004);
It's Over, Roy Orbison (1964);
Se Por Acaso (Me Vires Por Aí), JP Simões (com Luanda Cozetti), "1970" (2007);
Amargura, Carlos Paredes, "Asas Sobre o Mundo" (1989);
Into Dust, Mazzy Star, "So Tonight That I Might See" (1993);
Does Not Suffice, Joanna Newsom, "Have One On Me" (2010);
Good Woman, Cat Power (com Warren Ellis & Eddie Vedder), "You Are Free" (2003);
Woke Up New, The Mountain Goats, "Get Lonely" (2006);
Skinny Love, Bon Iver, "For Emma, Forever Ago" (2007);
Guess I'm Doing Fine, Beck, "Sea Change" (2002);
Once I Was, Tim Buckley, "Hello/Goodbye" (1967);
Don't Think Twice, It's All Right, Bob Dylan, "The Freewheelin' Bob Dylan" (1963);
Gone For Good, Morphine, "Yes" (1995);
In The Wee Small Hours Of The Morning, Frank Sinatra, "In The Wee Small Hours" (1955);
Ruby's Arms, Tom Waits, "Heartattack and Vine" (1980).

 

 

[Parandróide@Andróide Paranóide]

[Parandróide@Facebook]

publicado por Olavo Lüpia às 19:51 | link do post | comentar