Andróide Paranóide

Cantar e rir beatamente ao mesmo tempo não é tarefa fácil!
Foi o que eu fiz no dia 26.07.2002, no Coliseu do Porto, durante mais de duas horas! Se acham que Radiohead não é razão que chegue, desdenhem...
Que concerto inacreditável!
Por isso, aqui vai a música, em formato vídeo. O pormenor que me chamou mais a atenção é o que se passa aí aos 4'45'' do vídeo e dura uns 10 a 15 segundos. A cara de felicidade beata de uma menina da plateia, que se apresenta a cantar a parte "Rain down/ Rain down/Come on rain down on me/ From a great height/From a great height..."!
Quando se pensa: «mas... aquela menina está cega!», o zoom abre e vê-se que aquela alegria é geral (os companheiros de fila também não conseguem parar de rir...). E aquela parte da música é triste como a noite!! Agora, imaginem aquela feliz beatitude... durante duas horas!!



Paranoid Android, Radiohead, O.K. Computer (1997)
Performance de 25.05.2003, no Shepherd's Bush Empire, Londres

O disco O.K. Computer "mudou" a minha vida (e tenho que agradecer ao "Estebes" sem Metafísica por isso). Eu era um "ressacado" do grunge, um rockeiro inveterado, e esta música tirou-me as "palas" da cabeça... Um admirável mundo novo. É, para mim, um dos melhores discos de sempre, sem dúvida. Do princípio ao fim, é uma obra prima. Nada se pode ali pôr ou tirar. E mais não digo... porque se começo a falar deste disco... nunca mais me calo!!

Para acabar, a mesma música, mas na versão do pianista jazz Brad Meldhau, no disco Largo (2002). Uma ENORME versão.

Brad Meldhau - Paranoid Android

Se alguém tiver qualquer experiência que ache que valha a pena contar sobre a música, o disco, a banda ou concertos da mesma, esteja à vontade para mandar um feedback
. Não custa nada. E é bem melhor que ter Testemunhas de Jeová à porta ou uma doença venérea, certo?!
publicado por Olavo Lüpia às 12:17 | link do post | comentar