Assustadoramente belo

Chaga - Ornatos Violeta
"O Monstro Precisa de Amigos" (1999)

«Foi como entrar,
Foi como arder.
Para ti nem foi viver.
Foi mudar o mundo
Sem pensar em mim!
Mas o tempo até passou,
E és o que ele me ensinou:
Uma chaga pra lembrar que há um fim.

Diz sem querer poupar meu corpo:
"Eu já não sei quem te abraçou".
Diz que eu não senti teu corpo sobre o meu.
Quando eu cair
Eu espero ao menos que olhes para trás.
Diz que não te afastas de algo que é também teu..
Não vai haver um novo amor,
Tão capaz e tão maior,
Pra mim será melhor assim.
Vê como eu quero
E vou tentar,
Sem matar o nosso amor,
Não achar que o mundo é feito para nós.
»
publicado por Olavo Lüpia às 01:42 | link do post | comentar