Directamente do baú

"Everyday I Wear a Greasy Black Feather on My Hat" foi o primeiro longa duração dos Zita Swoon, quando ainda usavam o nome Moondog Jr. Agora, junte-se o nome à capa:


A mudança de nome deveu-se ao facto do artista Louis T. Harding, um poeta, músico e compositor americano, usar como nome artístico Moondog e não ter gostado muito da ideia de ver uns quaisquer caramelos belgas a usar nome similar ao seu (e diga-se que este nem era o primeiro nome da banda, quando se formou, em 1993 - altura em que se chamavam A Beatband).

Dizia no início que este foi o primeiro álbum dos Zita Swoon.
A variedade de estilos que o disco abarca é impressionante: jazz instrumental, funk, pop, rock, folk, blues, faixas de puro experimentalismo... quase tudo! E tem aquela voz estranhíssima de Stef Kamil Carlens, à qual se pode aplicar perfeitamente o que Pessoa escreveu para publicitar a Coca-Cola.
Ainda que o som não esteja nada maduro - nada que, nesse aspecto, se pareça por exemplo com "I Paint Pictures of A Wedding Dress" (1998) -, tenho uma adoração especial por este disco. A "boa onda" geral é contagiante, mesmo nos momentos mais escuros (Jintro & The Great Luna, Waiting 'til You're Gone ou TV Song).
Lembro-me de os ver em Coimbra (1999) sem ter ouvido nada deles antes e, logo que o riff de Moondog começou a soar da guitarra de Tom Pintens, ter ficado imediatamente preso. Um enorme concerto.
Escolher apenas algumas foi tarefa penosa.
Fiquem com o desespero de Jintro & The Great Luna, uma música lindíssima; Depois, ouçam a pura boa onda que é Moondog; a seguir, atentem nos arranjos impressionantes da música Bombo (e, se prestarem atenção, vão ouvir no refrão uma voz que parece mesmo a de Mick Jagger) - simplesmente fabulosa; e não resistam a ficar completamente viciados na Ice Guitars.

Jintro & The Great Luna
Moondog
Bombo
Ice Guitars

Para completar a coisa, aqui fica a ligação para o vídeo porreiríssimo da TV Song.
publicado por Olavo Lüpia às 02:00 | link do post | comentar