(Semi-)Novidades - Peter Von Poehl

"Going To Where The Tea Trees Are" (2006)

É sueco, parece um modelo e faz pop pura, com raízes directas nos Beatles, nos Beach Boys e por vezes na pop folk de Nick Drake (como na fabulosa Travelers). Tem uma voz excelente e de vez em quando faz uns falsetes que soam bem para caraças.
Correcção: lançou um disco em 2006 chamado "Going To Where The Tea-Treas Are", que soa bem para caraças. O problema é que não lhe conheço edição em português, nem sei se a haverá. A solução passa pela net e, por exemplo, pela cdgo.com - onde se arranja (quase) tudo o que existe, em termos de música.
Dizia que o disco é pop. Pois é.
Há discos que, logo aos primeiros segundos, nos dão aquele feeling de que vão ser excelentes. O mesmo se passa com este de Von Poehl e com a música inicial, a faixa título do álbum. A "coisa" é Beatles, com uns arranjos de extremo bom gosto - os contratempos da bateria, o som do baixo e a voz (que voz!) que a canta de forma superior. A forma como a música se vai movendo, com a entrada das teclas e dos outros instrumentos, um por um... Sem exageros, sem passos em falso, até ao solo do sax. Excelente.
O disco é um pouco isto: vai se desenrolando pelos nossos ouvidos, sem sobressaltos, como quando se chega ao sossego da casa depois de um dia de estafa.
Tooth Fairy tem coros à Beach Boys, Travelers vem de Nick Drake e tem alguns pontos de contacto com o Sondre Lerche de "Two Way Monologue" (2004). Quase todo o tema Virgin Mountains são sopros - mais uma vez, arranjos muito bons. A Broken Skeleton Key é quase a síntese do som do disco: há melodias à Drake, arranjos à Beatles e coros à Beach Boys.
Mais para a frente, destaque ainda para Scorpion Grass, para a maravilhosa The Story Of The Impossible ou para a hipnótica The Lottery.
Em resumo, um disco excelente deste Peter Von Poehl. A ouvir. Muitas vezes!
Como podem ver, escolher apenas algumas foi muito difícil. Mas aqui ficam elas.

Going To Where The Tea Trees Are
Travelers
A Broken Skeleton Key


Fiquem ainda com o vídeo de The Story Of The Impossible:


Por fim, uma ligação para uma performance live num programa de TV francês (onde me parece que este Von Poehl está a ter alguma projecção) da música Travelers.
publicado por Olavo Lüpia às 02:20 | link do post | comentar