O que se leva de 2009 #8


É mais um disco bem conseguido por Andrew Bird, que, em termos de harmonia e melodia, é das melhores coisas que os '00 tiveram para oferecer. Letras mais articuladas que o comum da pop vai oferecendo; um violino, uma guitarra, uma loop station e um bom aparelho vocal mostram-nos o que se passa dentro de uma cabeça brilhante.


Anonanimal, Andrew Bird
ao vivo para a Minnesota Public Radio, 11.04.2009.

publicado por Olavo Lüpia às 12:00 | link do post | comentar