In Rainbows


Sendo verdade - e, ao que parece, é - que os Radiohead vão lançar o seu disco via net, para já por download directo, dando a opção ao consumidor do preço que quer pagar, e mais tarde - Dezembro - já com o seu suporte físico (cd + vinil), estamos a falar de uma autêntica revolução, a que os patrões do mundo musical não vão (nem podem) ficar alheios.
Estamos a falar de uma banda-charneira da cultura pop actual, que toda e qualquer editora quereria ver nos seus quadros. Estamos a falar de uma "contratação" (perdoem-me o futebolês) de milhões a que os de Oxford, por opção, se decidiram manter à margem.
Hoje, 1 de Outubro, é um dia de reflexão. Pode estar a fazer-se história, com este «fuck off!» dos Radiohead à indústria musical.
São eles que comandam as operações, evitando, desde logo, a apropriação atempada e ilegal do seu conteúdo para distribuição em sites de partilha de dados (e-mule, torrents, etc.). Obviamente que após o início da distribuição, isso vai acontecer, mas a pirataria sôfrega que antecedeu "Hail to The Thief" (2003), que os levou a alterar uma ou outra música até ao lançamento definitivo, em 09 de Junho, está combatida.
Tudo o que movimenta um disco - publicidade, edição e distribuição - está por conta deles, é certo. Mas se o post com a bomba foi colocado no blog Dead Air Space, à meia-noite de hoje, a verdade é que à 1h já aparecia repercutido aqui no tasco... e já vi referência ao disco em, pelo menos, uma dezena de blogs da especialidade. Com isto quero apenas dizer que a publicidade, quando a marca é excelente, faz-se a ela própria. Resta saber se os Radiohead montaram uma máquina bem oleada que lhes escoe, digital e fisicamente, o produto.
Por fim, note-se que o download digital do disco custa... o que vocês quiserem! «It's Up Tou You», diz o site. «It's Really Up To You...»! Impressionante, não é?
Uma coisa é certa: agora, como desde há 12 anos, com o lançamento de "The Bends" (e, sem qualquer dúvida, 10 anos, com o lançamento de "OK Computer"), os Radiohead estão bem à frente de tudo o que se vai mexendo debaixo do Sol...
Nobody Does It Better, já dizia Carly Simon, na música escrita para o filme da série Bond, "The Spy Who Loved Me" (1977)...


Nobody Does It Better, Radiohead

Deixo aqui, para finalizar, o cardápio para "In Rainbows", disco-duplo dos Radiohead:
CD 1
15 Step
Bodysnatchers
Nude
Weird Fishes/Arpeggi
All I Need
Faust Arp
Reckoner
House of Cards
Jigsaw Fallig Into Place
Videotape


CD 2
MK 1
Down Is The New Up
Go Slowly
MK 2
Last Flowers
Up On The Ladder
Bangers & Mash
4 Minute Warning

publicado por Olavo Lüpia às 14:29 | link do post | comentar