Posts que não vão mudar a vossa vida

Olhando para um qualquer "Borda D'Água" musical, tem de se reconhecer que o dia 9 de Outubro é um dia rico em acontecimentos, bastando apenas olhar para os nascimentos.
Em 1940, um dos compositores revolucionários da pop, John Lennon levava os primeiros tabefes no rabo, enquanto que a St. Paul's Cathedral era bombardeada, em plena "Batalha da Bretanha", que opôs os jovens e garbosos aviadores da Luftwaffe aos menos garbosos mas mais pontuais rapazes da Royal Air Force. O próprio primogénito de John, Sean, abria pela primeira vez a goela em 1975.
Um pouco antes, em 1948, Jackson Browne, músico que tocou com Tim Buckley e Nico e compositor que compôs, entre outros, These Days e The Fairest of The Seasons (que Nico cantou no seu clássico "Chelsea Girl", de 1967), vestia o seu primeiro gorro.
Em 1969, era a vez de Polly Jean Harvey, que acaba de lançar o novo "White Chalk", dar o seu primeiro grito.
No que respeita a cantautores portugueses, foi neste dia, em 1261, que D. Dinis dava o seu primeiro principesco «ai!». Mais tarde, D. Dinis havia de se tornar um jovem agricultor (tal como P.J. Harvey) e depois um velho agricultor. Nos interstícios dos labores do campo, o «Lavrador» foi arranjando tempo para compor Cantigas de Amor e de Amigo.
Como os meus mp3 de D. Dinis são de fraca qualidade, o olhar sobre "White Chalk" está para breve e ainda coloquei há pouco tempo uma das composições de Browne, deixo-vos com uma versão de Across The Universe, original de "Let It Be" (1970) dos Beatles, interpretado por Sean Lennon, with a little help from his friends Rufus Wainwrhight e Moby.


Across The Universe, Sean Lennon + Rufus Wainwright + Moby
(concerto de homenagem a John Lennon, no Radio City Music Hall, NY, 2001)

Across The Universe - The Beatles
"Let It Be" (1970)
Across The Universe - David Bowie
"Young Americans" (1975)
Across The Universe - Fiona Apple
"Pleasentville (OST) (1998)
Across The Universe - Rufus Wainwright
"I Am Sam (OST)" (2001)
Across The Universe - Jim Sturgess
"Across The Universe (OST)" (2007)

(Andróide Paranóide, desde 15.09.2006 a construir aquele que é, provavelmente, o mais impressionante acervo de factos irrelevantes e desinteressantes all across the universe.)
publicado por Olavo Lüpia às 00:13 | link do post | comentar